Ajude o Peli a botar gasolina no seu carro!

sábado, agosto 09, 2003

Então amanhã é dia dos Pais. Mais uma data comercial para a Taco, Sandpiper, Richard´s e Mr. Cat ganharem dinheirinho. Aqui em casa nunca nos apegamos a uma data propriamente dita. Eu podia comprar meu presente de Natal em Novembro. De aniversário em Maio. Acreditávamos que todo dia era o dia da família. Mas a família se desmembrou. Há um mês meu pai saiu de casa para seguir sua vida com outras metas e horizontes. Desde então não nos falamos. Rebeldia? Não. Pontos de vista divergentes.

Mas amanhã é o dia dele. E me pego pensando nele. Revi hoje cedo alguns de nossos álbuns de fotos. Muita alegria. Mas não era assim no cotidiano de 23 anos de convivência. Tivemos brigas homéricas, discussões ásperas. Mas as fotos são recheadas de alegria, joy.

Meu pai foi (é) um homem que me ensinou as coisas boas da vida. As coisas certas. Sua honestidade era foda. Sua competência também. Se tornou um homem sozinho. Conquistou muita coisa na vida por méritos próprio. Entrou em uma estatal como "cocheiro" e saiu como um dos executivos mais respeitados.

"Todo dia na sua vida você coloca um tijolo."

Mas e as brigas? Sim, muitas brigas. Mas tenho certeza que com essas brigas nos tornamos pessoas melhores e com elas podemos fazer um dos álbuns de fotos mais bonitos de uma família.

Pai, você sabe que é meu herói. Desde menino me tratou como um homem. Nunca deixou a peteca cair. Sempre soube contornar os menores e maiores conflitos.

Eu saberei se fui bem sucedido como chefe de familia e pai se minhas conquistas forem 1/3 das suas.

Parabéns pelo seu dia.

Nenhum comentário: